Passo a Passo para encontrar trabalho no Canada (Parte 1)


Se todos nós sabemos que mais de 80% de todas as posições de trabalho sequer são divulgadas e postadas, porque motivo as pessoas continuam apostando todas as fichas apenas na aplicação online?

A resposta é simples. A inscrição online nos dá uma sensação de realização a curto prazo: "hoje apliquei para 80 vagas, já fiz minha parte". Porém, dessas 80 aplicações, somos chamados para uma ou duas entrevistas (SE formos chamados).


Quando você aplica online para uma vaga você: - Está acessando apenas 20% ou menos do total de ofertas de emprego (os outros 80% são encontrados por meio de networking e escreverei mais sobre isso na parte 2 deste artigo) - Está competindo com centenas de milhares de pessoas (todos que tem acesso a vaga e provavelmente estão adotando a mesma abordagem que você).

- Você está "lutando com um algoritmo". Para ser o melhor perfil de uma posição (entre os dez melhores classificados), você realmente precisa jogar o "jogo de palavras-chave". O que significa ter que usar sites como o Jobscan para verificar se o seu currículo corresponde ao que eles estão procurando. Em outras palavras, o algoritmo checa palavra por palavra nas descrição da vaga postada e nos requerimentos e conpara, palavra por palavra, se o seu currículo tem o que é pedido.



Lutar com o algoritmo é especialmente desafiador quando você está mudando de setor ou de área. Dificilmente a sua experiência anterior possui palavras chaves relacionadas a vaga para a qual você está se candidatando. Por exemplo, se no Brasil você atuava como advogado e aqui no Canadá está fazendo um college para entrar área de Marketing, em toda a sua parte de "experiências anteriores" os termos e palavras chaves usadas estarão relacionados com Direito. Como resultado, seu currículo dificilmente estará entre os melhores rankeados.


MAS SE APLICAR ONLINE NÃO É O CAMINHO MAIS EFICAZ,

O QUE DEVO FAZER ENTÃO?

Uma procura de emprego deve ser tratada como qualquer grande projeto em sua vida e é bastante semelhante a um "projeto de uma empresa". Ela exige tempo, disposição, planejamento e o estabelecimento de metas.


Veja abaixo algumas etapas sugeridas a seguir para uma estratégia de busca de emprego sustentável e mais eficaz a longo prazo:


PARTE 1: Análise Interna ("Conhecendo a si mesmo")

O primeiro passo de qualquer busca de trabalho deve ser uma análise interna para que você entenda quais são suas habilidades, seus pontos fortes (que te diferenciam) e onde (qual tipo de cargo) você pode aplicá-los de forma a agregar valor para e empresa que vai te contratar.

Empresas contratam profissionais para "resolver os problemas e desafios que elas enfrentam". Por isso, sua primeira tarefa é identificar que tipo de problemas você "gostaria de resolver". Algumas pessoas preferem problemas relacionados a processos, portanto, posições administrativas funcionam melhor para elas. Outras gostam de resolver problemas complexos relacionados a criatividade, portanto, posições ligadas a marketing e criação de conteúdo, etc, podem ser um bom fit.

Se você não tem idéia por onde começar, invista seu primeiro dia na pesquisa e leitura de diversos posts de vagas de emprego e descrições de funções no perfil de profissionais no LinkedIn. Comece a salvar os que realmente parecem te interessar e sublinhe quais são os nomes dessas posições e palavras-chave mais comumente utilizadas.

No final deste processo, você deverá ter uma imagem clara de quais são os dois a três nomes de posição que são mais alinhados com o que você busca e quais as habilidades mais comums que eles estão procurando para essas vagas.


Pergunta 1: e se eu encontrar muitas vagas e terminar com 10 a 15 posições de que gostei?

O mercado de trabalho canadense é especializado. Diferente de outros países, eles geralmente não procuram alguém com experiência em finanças, suprimentos e marketing (a menos que você queira trabalhar em uma startup com pouquissimos funcionarios que fazem de tudo um poucol). Eles preferem procurar profissionais especializados e com grande experiência em marketing (por exemplo).

Vale lembrar que "Marketing" ainda é uma área bastante generalista. Você pode trabalhar com eventos, comunicações, digital, PR, ecommerce, branding, etc. Portanto, quanto mais específico você for, melhor e mais fácil.

Minha sugestão é reduzir e focar em cerca de três posições e, em seguida criar um currículo para cada uma, destacando sua experiências e habilidades que correspondem ao que eles estão procurando nesta posição.

Apenas para exeplificar utilizando o meu caso, como eu tinha experiência em marketing e gostava do setor de varejo, depois de fazer a pesquisa terminei com três currículos: um para posições de coordenador de marketing, outro para analista de merchandising e outro para coordenador/ analista de marca.

Para cada posição, eu costumo dizer que "você utilizará um chapéu diferente". Quando você for a uma entrevista, usará o "chapéu" para essa posição e destacará em sua experiência todas as suas realizações relacionadas a ESSE CHAPÉU.


Esqueça atividades ou projetos que você realizou que não tem relação direta com o que a posição está pedindo. Não mencione ou dê ênfase ao projeto de gerenciamento de estoque que você liderou se estiver aplicando para uma posição de marketing. Você pode mencionar brevemente se a posição requer experiência em gerenciamento de projetos (foque na habilidade transferível).


Ao longo desse artigo e da parte 2 você entenderá que focar ajudará você a economizar tempo e melhorar seu "pitch", facilitando muito a sua preparação para as entrevistas e para fazer networking.


Se você sabe o setor ou a indústria em que gostaria de trabalhar (por exemplo, varejo, pharma, etc.), é ainda melhor. Eu gosto de me apresentar como uma "profissional de marketing no varejo" e isso me ajuda a focar em eventos desse setor bem como em profissionais que trabalham no setor para fazer networking.


Pergunta 2: E se eu perceber que gosto de Finanças, Suprimentos e RH?

"Escolha uma batalha de cada vez". Qual delas você gosta mais? Concentre seus esforços nessa. Caso as áreas tenham alguma relação (por exemplo Suprimentos e Logistica), tudo bem focar em mais de uma pois elas estão bem relacionadas.

Caso você tenha duvidas em qual áreas focar, uma boa dica é conversar com pessoas atualmente trabalhando em posições que você gostaria de trabalhar.


Convide as para um café ou bate papo por telefone. Pergunte a elas sobre como é o dia dia delas no trabalo, como elas conseguiram esse trabalho, quais os desafios que enfrentam na área e naindústria e como eles vêem a área no futuro.


Eu te garanto, quanto mais você conversar profissionais da área que você quer atuar (fazer networking) e quanto mais participar de eventos da sua indústria (recomendo os apps Meetup e Eventbrite para isso), mais isso te ajudará na busca por trabalho.


Para entrar em contato com alguém para tomar um café ou conversar, segue abaixo um exemplo de abordagem:


"Hello xxx,
I just saw your profile and it looks really interesting because of XXX. I am exploring my next career path and noticed you are working as XXX, XXX is one of the options I am trying to learn more about. Would you be able to have a 10 min phone call or a coffee chat to share about what do you do on your work?
Thanks!"

Se a pessoa que você está contatando estudou na mesma faculdade/universidade que você (use a ferramenta "alumni" do Linkedin para isso) ou tem algo mais em comum (mesma cidade, uma conexão em comum, participou do mesmo evento, etc.), lembre de incluir isso na sua mensagem. Isso ajudará você a aumentar suas chances de ter uma resposta para a mensagem.


Portanto, depois de concluir a PARTE 1 (conheça você mesmo), os próximos passos serão:


- PARTE 2: Pesquisa externa (procurando empresas com os problemas que você gostaria de resolver)

- PARTE 3: Construindo sua rede e usando-a para acessar o "pós-mercado oculto de empregos"


Escreverei mais sobre essas outras partes nos próximos artigos.


Por enquanto, espero ter conseguido convencê-lo a parar de ficar apenas aplicando on-line e comecar a focar em algumas posições, em vez de se candidatar a tudo que você vê .


Caso tenhas alguma dúvida ou sugestão, entre em contato comigo, vou adorar ouvir a tua história.

229 visualizações
  • Car_servicess-25-512
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • images (2)
  • Black Spotify Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black LinkedIn Icon

networkingparabrasileiros