Transporte e Localização

Mapa Offline: É uma boa ideia fazer o download do mapa da cidade de Toronto e arredores antes de vir, para ser acessado offline. Este site explica como fazer o download no Google Maps, tanto em Android quanto em iOS.


Como sair do aeroporto internacional de Toronto (YYZ): É importante planejar com antecedência como você sairá do aeroporto até sua moradia temporária. Abaixo estão algumas opções.


Transfer ou Uber: Caso esteja vindo com família e/ou muita bagagem essas são boas opções. O Uber possui um serviço comum e um especial que oferece carros maiores (Uber XL) onde cabem até 6 pessoas. O Uber pode ser chamado pelo Wi-Fi do próprio aeroporto na chegada. Além disso existem alguns brasileiros fazendo serviço de transfer, então caso optem por um transfer procurem no grupo por indicações.


Alugar um carro: Existem algumas locadoras com carros disponíveis dentro do próprio aeroporto e outras com serviço de shuttle até o local do carro. Aqui a lista completa das locadoras e aqui as dicas de como dirigir na cidade, incluindo regras que são diferentes em Toronto. Lembre-se que se decidir estacionar na rua talvez seja necessário um permit.


TTC (Toronto Transit Commission): É o nome dado ao conjunto de ônibus, bondes e metrôs da cidade de Toronto. O TTC possui algumas linhas de ônibus que ligam o metrô ao aeroporto internacional de Toronto e é a forma mais barata de sair/chegar do aeroporto. Aqui os detalhes dos ônibus que atendem o aeroporto.


GO: GO é a companhia de transporte que cuida de ônibus e trens intermunicipais. Eles tem duas linhas comuns que saem do aeroporto, além de um trem “executivo” chamado UP Express (Union Pearson Express) que liga o aeroporto diretamente ao centro da cidade. Neste site você encontra os detalhes destas linhas.


Mapa do TTC: O mapa mais completo, com metrôs, ônibus e bondes é esse, mas se estiver muito confuso ver todos os transportes ao mesmo tempo veja os mapas separados no site do TTC.


Frequência dos ônibus/streetcars: Em downtown a maioria das linhas passa a cada 10 min, mas linhas que fazem trajetos mais longos podem levar mais tempo, e esperar no frio não é uma boa ideia, então existem alguns apps que mostram os ônibus e streetcars em tempo real, como o Rocket Man. Se você não tiver o app, os pontos de ônibus são identificados por um código e você pode solicitar os horários dos ônibus enviando esse código por SMS para o número informado na placa.


Horário de funcionamento: O metrô tem um horário de funcionamento um pouco limitado, porém enquanto o metrô está fechado linhas de ônibus fazem a mesma rota, inclusive durante toda a noite.


Presto Card e outras formas de pagamento: Presto Card é o cartão pré-pago usado no transporte público da cidade de Toronto (TTC), no GO e em algumas cidades vizinhas. Para pagar a tarifa usando o presto basta encostá-lo em um receptor na catraca do metrô ou na entrada do bonde ou trem. Você pode comprar esse cartão e colocar crédito diretamente nas estações de metrô e na rede de farmácia Shoppers.

Preferencialmente cadastrem o cartão no site do Presto para que possam bloqueá-lo em caso de perda, controlar saldo e cadastrar o carregamento automático se desejar. Podem também fazer tudo isso via app.

Alguns dias antes do término de um mês e três dias após o começo do mês é possível carregar no seu Presto o monthly pass e usar o serviço TTC ilimitadamente o mês todo, porém primeiro verifiquem se o preço vale a pena. Estudantes de college tem desconto no bilhete mensal, mas precisam se cadastrar com antecedência. Aqui os detalhes.

Além disso, portadores do Presto Card também têm desconto em várias atrações da cidade.

Caso optem por não comprar o Presto, o TTC ainda aceita alguns outros passes ou pagamento em dinheiro trocado (eles não tem troco). Neste site estão os outros métodos de pagamento.

Este post tem várias dicas sobre o transporte em Toronto.


Estradas: A maioria absoluta das estradas canadenses é gratuita, a única pedagiada em Ontário é a 407. Cruzam a cidade a 401 (Leste Oeste) e a Don Valley Parkway (DVP)/404 (Norte Sul). A Queen Elizabeth Way (QEW) ligaToronto à Buffalo/US. O telefone/site 511 é responsável por monitorar as rodovias.


Direções: Em Toronto ninguém vai te dar instruções como vire a direita ou à esquerda, é sempre vire para leste ou oeste e isso é enlouquecedor para a maioria dos recém-chegados do Brasil.

A dica mais rápida é usar a CN Tower como referência e considerar que a CN Tower é sul, para um lado dela é Leste e o outro lado é Oeste.

Com o tempo você aprende que o que realmente divide a cidade entre Leste e Oeste é a avenida Yonge (em vermelho), que não é exatamente na direção da CN Tower.

Mapa de referência:

Endereços: As ruas que cruzam a Yonge são nomeadas de acordo com o lado que estão, ex.: Queen St E e Queen St W. O metrô segue a mesma lógica e nomeia as plataformas como Eastbound/ Westbound e Southbound/Northbound.

Para facilicar, números pares geralmente estão na calçada norte ou oeste e os ímpares na calçada sul ou leste. A numeração de ruas leste-oeste começa do zero que é a Yonge, e aumenta para os dois lados, podendo se repetir entre E e W. Já as ruas norte-sul o zero começa no Lake Ontario ou ao ponto mais ao sul da rua. Outra curiosidade é que as ruas as vezes passam por cidades sem mudar de nome, são muitos quilômetros de extensão então não adianta descer do metrô na Yonge, por exemplo, e ir a pé para o número que você está buscando pois esta avenida tem 1896 km. Prestem atenção nisso.

Endereços podem ser escritos de duas formas:

Formato US: <#predio> <nome da rua> suite <#apartamento> (Ex. 500 Yonge suite 300)

Formato Canadense/UK: <#apartamento>-<#predio> <nome da rua> (Ex. 300-500 Yonge)


The Path: Path é o nome do “shopping subterrâneo” que conecta diversos prédios e estações de metrô de downtown. Aqui você encontra mais detalhes de como se orientar no Path.

14 visualizações
  • Car_servicess-25-512
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • images (2)
  • Black Spotify Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black LinkedIn Icon

networkingparabrasileiros